sexta-feira, 6 de março de 2009

Tá a moer

Tá dado o pontapé de saída. Durante o processo de trabalho a Joana chegou a propor um blogue. Eu e ela somos mais deste mundo blogosférico, já temos assinatura noutros lados, e parecia-nos evidente que este tipo de instrumento poderia dar consistência ao trabalho de construção, mas por uma razão ou por outra nem nós mesmos o dinamizámos. Agora chegou a necessidade de criar um blogue para divulgarmos o nosso trabalho e a partir daí a ideia de construir o nosso próprio espaço foi imediata. Era muito fácil lançá-lo, fazer os convites (atenção, os que ainda não confirmaram terão de ver alargados os seus privilégios de administradores pelos outros que já o fizeram, faz parte dos condicionalismos técnicos do blogger). E agora talvez seja um espaço onde possamos destorcer, desmoer, o intenso trabalho que fizémos. O que ele nos faz a nós. É um espaço sem obrigação. Como disse, tá dado o pontapé de saída. Até já.